sábado, 22 de setembro de 2012

Diferenças entre Gabinete AT e ATX




Os gabinetes AT são do padrão antigo. Receberam esse nome devido ao tipo de fonte utilizada - Fonte AT* que resumidamente, não interrompia a energia para o sistema operacional ao ser desligado. Assim, quando o sistema operacional era desligado, ficava na tela uma mensagem informando: " Seu computador já pode ser desligado".O usuário então tinha de apertar o botão On/Off do gabinete para conseguir desligar a maquina.
A localização das peças nestes gabinetes era um grande problema. Isso porque não foram desenvolvidos pensando no avanço e aumento delas. Placas Off-Board raramente ficavam bem encaixadas em seus respectivos slots. Essas placas ficavam encostadas no processador ou nos discos rígidos, em alguns casos, sendo impossível instala-las. O drive de CD, muitas vezes, encobria os pentes de memória. Outro problema grave era a má ventilação gerando assim super. Aquecimento das peças.
Praticamente hoje em dia já não se acha mais esses tipos de gabinete, Seu Uso Foi Constante De 1983 Até 1996. Nas Placas-Mãe AT, O Conector Do Teclado Segue O Padrão DIN E O Mouse Utiliza Saída Serial. Já Os Conectores Das Portas Paralela E Serial Não São Encaixados Diretamente Na Placa. Eles Ficam Disponíveis Num Adaptador, Que É Ligado Na Parte De Trás Do Gabinete E Ligados À Placa-Mãe Através De Um Cabo.
Outra característica principal para você saber se o gabinete e AT ou ATX e a quantidade de baias Gabinetes AT não passam de 3 Baias sendo assim acima de 3 baias são gabinetes ATX.









Os Gabinetes ATX Foi então que surgiu o gabinete ATX, que vinha com muitas mudanças.
Recebeu esse nome por usar o novo padrão de fonte - Fonte ATX. Umas das mudanças foi a forma de desligar o computador. Quando o sistema operacional é desligado, automaticamente a fonte também já interrompe o fornecimento de energia para as demais peças (Padrão que é utilizado atualmente). Essa mudança alterou também o tipo do botão on do Gabinete, não mais ligado diferentemente na fonte de alimentação, mais sim na placa-mãe.
Dessa forma, foi extinto o botão Turbo, O led Turbo e o Visor com a velocidade do processador. A posição e os espaços reservados para cada peça foram reestruturados, melhorando a fixação dos componentes do computador.
Um Dos Principais Desenvolvedores Do ATX Foi A Intel. Como Desde O Início, O Objetivo Do ATX Foi O De Solucionar Os Problemas Do Padrão AT (Citados Anteriormente), O Padrão Apresenta Uma Série De Melhoras Em Relação Ao Anterior, Sendo Portanto, Amplamente Usado Atualmente. Praticamente Todos Os Computadores Novos Vem Baseado Neste Padrão. Entre As Principais Características Do ATX, Estão O Maior Espaço Interno, Proporcionando Um Ventilação Adequada, Conectores De Teclado E Mouse No Formato PS/2 (Tratam-Se De Conectores Menores E Mais Fáceis De Encaixar), Conectores Serial E Paralelo Ligados Diretamente Na Placa-Mãe, Sem A Necessidade De Cabos, Melhor Posicionamento Do Processador, Evitando Que O Mesmo Impeça A Instalação De Placas De Expansão Por Falta De Espaço. Quanto A Fonte De Alimentação, Também Houve Melhoras Significativas. A Começar Pelo Conector De Energia Ligado À Placa-Mãe. Ao Contrário Do Padrão AT, Nele Não É Possível Encaixar O Plug De Forma Invertida. Cada "Furo" Do Conector Possue Um Formato, Que Impede O Encaixamento Errado.

Um comentário:

  1. Excelente poste, esclareceu todas as minha dúvidas sobre esse assunto, continue assim.

    Qualquer coisa posso ajudar na divulgação dos seus postes

    entre em contado comigo: sobralemmidia@gmail.com

    ResponderExcluir